Brasil e Cuba são alguns dos destaques deste 2º dia de classificatórias

mmmmPor Jerfferson Medeiros

Encerrou-se nesta segunda-feira, 26, a etapa classificatória do Campeonato Mundial de Ginástica Artística. Na disputa por equipes masculinas, o destaque foi para Suíça, Brasil, que fez história ao levar, pela primeira vez, uma equipe completa para uma olimpíada, e Coreia do Sul, que volta a disputar uma final. Alemanha, França, Holanda, Ucrânia, Espanha, Romênia, Canadá e Bielorrússia disputarão o evento teste próximo ano.

No individual geral, destaco o 2º lugar de Oleg Verniaiev. A diferença de Kohei Uchimura para Oleg nesta etapa foi de apenas 0,433. Contudo, o grande destaque de hoje foi decerto a classificação do cubano Manrique Larduet Bicet, que somou 88,656 e segue na 7ª colocação. Há mais de uma década Cuba não participa de campeonatos mundiais. Nesta WC, volta muito bem representada e com chances reais de pódio, não apenas por aparelhos, mas no individual geral.

Bicet se classificou também para a disputa no solo. Quantos as dificuldades apresentadas nesta fase, enfatizo, além da nota D=7,6 de Kenzo Shirai (JPN), 4 notas 6,8, 2 notas 6,7 e uma 6,5. Será uma prova bastante disputada. Uma decepção foi protagonizada tanto por Denis Ablyazin (RUS), atual campeão mundial, quanto por Marian Dragulescu (ROU), que sofreu uma queda e não passou para a próxima etapa.

O cavalo com alças foi marcado por falhas de renomados atletas, a exemplo do especialista e multimedalhista mundial, Krizstian Berki (HUN), Filip Ude (CRO), Saso Bertoncelj (SLO), Prashanth Sellathuroi (AUS), o francês Cyril Tommasone, entre outros.Esta também será uma disputa acirradíssima, apenas 0,367 separaram o 1º do 8º colocado.

Nas argolas, viu-se um grande nível, dificuldades e altas notas de execução. Infelizmente o atual campeão olímpico, Arthur Zanetti ficou de fora da final, sendo o primeiro reserva. Estados Unidos e China são os únicos países, nesta final, que levarão dois atletas cada. Destaque de hoje foi a excelente performance de Davtyan Vahagn, da Armênia, que pontuou 15,566 e ocupa a quarta colocação.

Já no salto sobre a mesa, o destaque foi o retorno do romeno Marian Dragulescu à final. Na média, o multicampeão pontuou 15,416 e segue na 3ª posição.

Na barras paralelas, foi obtida a maior nota de toda competição, conquistada pelo especialista Oleg Verniaiev, que somou 16,133, com uma nota de dificuldade de 7,1, e uma execução superior aos 9 pontos.

Finalizando a competição, uma decepção foi protagonizada por um grande especialista, o chamado holandês voador, Epke zonderland, que errou e conquistou apenas a 31ª posição.O estadunidense Danell Leyva lidera com 15,566.

Os ginastas que mais se classificaram para finais individuais foram: Oleg Verniaiev (AA, PH, VT e PB) e Manrique Larduet Bicet (AA, FX, PB e HB).

Confira os resultados.

Fonte: FIG |  Foto: Manuel Velasquez Figueroa – Jam Media

Brasil e Cuba são alguns dos destaques deste 2º dia de classificatórias

Zona e Boyer levam títulos no nacional francês

jim_zona_fra_au_solPor Jerfferson Medeiros

Neste sábado foi realizado, também, o nacional francês. Jim Zona conquistou o título (86,150). Na oportunidade teve notas que superaram os 15 pontos no solo, nas paralelas e na barra fixa. Seu compatriota Axel Augis fez uma grande apresentação na barra fixa, que lhe rendeu 15,850. Outros franceses que mereceram destaque foram Samir Ait Said, finalista nas argolas ano passado, em Nanning, com 15,700, e Cyril Tommasone no cavalo com alças (15,900).

O evento contou com a participação de vários ginastas, entre eles John Orozco e Donnell Whittenburg (USA), Filip Ude (CRO), Anton Fokin (UZB), Andrey Likhovitskiy (BLR) que teve a maior soma individual geral (88,250), entre outros.

Resultados – MAG.

No feminino, Marine Boyer foi a campeã. Na ocasião somou 55,500, com 14,750 na trave do equilíbrio.Boyer dividiu o pódio com Louis Vanhille, que se destacou nas paralelas (14,450).

Um destaque de outro país foi protagonizado por Diana Varinska, da Ucrânia, que somou 14,650 nas paralelas.

Resultados – WAG.

Fonte: The All Around/ Foto: Thomas Schreyer

Zona e Boyer levam títulos no nacional francês