Definidos os atletas para a disputa da American Cup 2018

Definidos os nomes dos atletas que disputarão a edição 2018 da American Cup, que será realizada no dia 3 de março deste ano.

MAG
Kenzo Shirai (JPN) – medalhista de bronze AA no Mundial do Canadá, em 2017;
Yul Moldauer (USA) – 7º colocado no AA do WC 2017;
James Hall (GBR) – medalhista de bronze AA no Campeonato Europeu 2017;
Philipp Herder (GER) – 18º AA no WC 2017;
Joel Plata Rodriguez (ESP) – 24º no AA WC 2017;
Petro Packnyuk (UKR);
Francisco Barreto (BRA);
Wei Sun (CHN).

*Ainda há um nome estadunidense a ser definido.

WAG
Morgan Hurd (USA) – campeã AA no WC 2017;
Mai Murakami (JPN) – 4ª colocada AA no WC 2017;
Elisabeth Seitz (GER) – 9ª colocada AA no WC 2017;
Brooklyn Moors (CAN) – 15ª colocada AA no WC 2017;
Kelly Simm (GBR);
Yi Mao (CHN);
Fabiane Brito (BRA);
Sanna Veerman (NED).

**Ainda há um nome estadunidense a ser definido.

Definidos os atletas para a disputa da American Cup 2018

Carey e Smith impressionam na U.S. Classic

Nos últimos dias foi realizada uma importante competição estadunidense, a U.S. Classic. Nela, tivemos alguns destaques, a exemplo de Alyona Shchennikova, que venceu a disputa individual geral com a nota 54,950.

Ragan Smith, campeã da American Cup mesmo com a queda na trave do equilíbrio, vem forte. Na U.S., conquistou as primeiras colocações nas barras paralelas assimétricas – 6,0: 14,550 – e na trave, com expressivos 15,350 (D: 6,2).

Jade Carey tem sido outro nome que tem chamado a atenção pelas dificuldades mostradas, como também pelas firmes execuções. No salto, ela apresenta um Tsukahara com dupla pirueta (5,6) e um Amanar (5,8). No vídeo abaixo, é impressionante a altura do primeiro salto. No solo, ela teve a nota mais alta do dia, 13,950. Confira os resultados.

Carey e Smith impressionam na U.S. Classic

Divulgado ranking com maiores notas da temporada

downloadO site de The Gymter tem divulgado as melhores notas da atual temporada. No individual geral, o domínio é estadunidense, com a 1ª, 2ª e 4ª colocações. Destas, duas são juniores.

No salto sobre a mesa, o domínio é asiático, com Sae Miyakawa (JPN) – média 14,850 | Rudi e DTY – Jinru Liu (CHN) com 14,625. A brasileira Rebeca Andrade aparece em 3º lugar com 14,600. Já nas barras paralelas assimétricas, a estadunidense Riley McCusker, decepção na American Cup, soma 15,050 e se mantém no topo, juntamente com sua compatriota, a júnior Gabby Perea. Nina Derwael (BEL), atual campeã europeia, aparece na quarta colocação com 14,800, ficando atrás da russa Elena Eremina (14,850).

495351306Na trave do equilíbrio, Tingting Liu (CHN) domina com um expressivo 15,300 conquistado no Campeonato Asiático. A 5ª colocada, a promessa canadense Ana Padurariu desponta como uma das grandes especialistas para este ciclo.
No solo, Mai Murakami e Sae Miyakawa mostram que vem fortes para este ano, ambas estão na 1ª e 2ª colocações, respectivamente.

Em relação às notas D, no VT, Yan Wang, Jinru Liu, Jing Wu e Linxi Li apresentam 11,4. São seguidos pela campeã europeia, Coline Devillard (FRA), que soma 11,2.

Nas UB, Yilin Fan (CHN) apresenta nota D=6,3.

Já na BB, as chinesas dominam. Tingting Liu tem 6,6, Huan Luo 6,5, Yilin Fan 6,3 e a júnior Qi Li tem 6,3. As romenas Catalina Ponor e Larisa Andreea Iordache, ambas da Romênia, vem logo em seguida com 6,2.

No FX, Sae Miyakawa apresentou nota D=6,2 e Mai Murakami vem em seguida com 5,7.

Confira.

Divulgado ranking com maiores notas da temporada

Giro pelo Esporte!

Jess Frankl

A equipe masculina de Oklahoma clamou mais um título por equipes no NCAA. Já na disputa individual geral, o título foi para Akash Modi (87,900), que desbancou o atual campeão da American Cup, Yul Moldaeur (87,600). Allan Bower completou o pódio. Foto: Jess Frankl.

ellie-downie

Ellie Downie (GBR) foi soberana no europeu da Romênia. A ginasta conquistou o título no individual geral, as medalhas de prata no salto sobre a mesa e solo, o bronze nas barras paralelas assimétricas, e a quarta colocação na final da trave do equilíbrio. Foto: Divulgação.

Hanna Traukova (BLR) conquistou o título AA na edição 2017 da Valkina Memorial. Fonte: The Gymter.

Sem título
O pódio europeu na barra fixa 2017 foi arrebatado pelo suíço Pablo Braegger. O atleta apresentou a mais nota D da final, 6,8.

Giro pelo Esporte!

Sobre Jesolo!

58e209ac5ad2e

Ainda sobre Jesolo, na disputa júnior, os Estados Unidos dominaram. No individual geral, as quatro primeiras colocações foram para a nação ocidental, com Gabby Perea (57,550), Mailie O’Keefe (57,300), Emma Malabuyo (56,700) e Adelin Kenlin (55,900).

Perea acumulou, ainda, os títulos no salto sobre a mesa (14,325), nas barras paralelas assimétricas (14,650) e a prata na trave do equilíbrio (14,150), sendo a maior vitoriosa da competição, individualmente falando.

O’Keefe foi a segunda no individual geral. Levou, ainda, a prata no solo (13,450) e duas medalhas de bronze, uma nas UB (14,600) e outra na BB (14,150). Foi, também, a segunda com maior número de medalhas individuais.

Malabuyo, além da medalha de bronze no AA, conquistou o título no solo (14,100) com uma diferença de 0,650 em cima da segunda colocada. Emma se mostrou uma excelente saltadora, levando anteriormente a medalha de prata no VT (14,257).

Quanto às não estadunidenses, os destaques foram para a promessa canadense, Ana Padurariu, 5ª no AA, campeã na BB com 14,250 e bronze no VT, ao pontuar 13,975. A Itália aparece com uma excelente especialista, a barrista Elisa Iorio que arrebatou o título nas UB (14,650). Outro destaque foi a francesa Carolann Heduit, que levou a medalha de prata no solo (13,450).

Na disputa adulta, Riley McCusker conquistou o lugar mais alto no pódio ao somar 56,600. A ginasta, que não foi bem na American Cup, se redimiu e conquistou a medalha de ouro na BB (14,200) e a prata nas UB (14,600).

A brasileira Rebeca Andrade conquistou a medalha de prata no AA (56,000) e a estadunidense Abby Paulson, o bronze (55,800). Abby arrebatou, ainda, a medalha de ouro no solo (13,900).

A russa e debutante na categoria sênior, Elena Eremina, foi quarta colocada no AA com 55,750. A russa demonstrou a tradição do país nas UB, ao levar o ouro no aparellho. Somou expressivos 14,750.

Uma boa surpresa foi a brasileira Flávia Saraiva, 5ª no AA com 55,400. Flávia mostrou sua excelente forma após a Olimpíada. A ginasta arrebatou o ouro no solo (13,900) e a prata na BB (14,100).

Outros destaques foram protagonizados pela finalista olímpica, a canadense Shallon Olsen, que conquistou a medalha de ouro no VT (14,500), pela italiana Sofia Busato, prata no VT, 14,175, pela veterana e especialista nas UB, Ashton Locklear, que foi bronze nas UB (14,550).

Marine Bouyer (FRA), 4ª colocada na final olímpica de BB, conquistou a medalha de prata no aparelho (14,100). E Angelina Melnikova (RUS) levou duas medalhas de bronze, uma no salto sobre a mesa (14,025) e outra, também de bronze, no solo (13,800).

Sobre Jesolo!

Smith e Moldaeur conquistam os títulos na American Cup

Neste final de semana foram conhecidos os campeões da American Cup, competição individual geral. No feminino, Ragan Smith (USA) conquistou o título ao somar 56,099. Já no masculino, o também estadunidense Yul Moldaeur levou o ouro (85,931), ficando à frente do atual vice-campeão olímpico, Oleg Verniaiev (UKR).Vale lembrar que Yul se sagrou, este ano, campeão da Winter Cup.

american-cup

Fonte: International Gymnastics Online

 

Smith e Moldaeur conquistam os títulos na American Cup

Biles e Verniaiev, campeões da American Cup

11002652_854541841277949_2118339416040727539_nPor Jerfferson Medeiros

Neste sábado, 07, foram conhecidos os campeões da American Cup, realizada nos Estados Unidos. Na disputa feminina, dobradinha estadunidense, com Simone Biles na 1ª colocação, e Mykayla Skinner na 2ª.

Biles liderou todas as rotações, e no final, após um 16 obtido no solo, somou 62,299. Mykayla pontuou 57,832, conquistando suas maiores notas no salto (DTY: D=5,8 = 15,100) e no solo, 14,933.

Erika Fasana completou o pódio ao somar 56,633. A italiana tem se sagrado como melhor AAder do seu país no início desta temporada. Mais uma vez desbancou Vanessa Ferrari, que teve uma participação discreta no evento.

Um dos destaques do dia foi protagonizado por Jessica Lopez, da Venezuela. A ginasta apresentou um DTY que lhe rendeu um 15, e apresentou uma série de paralelas com nota de partida de 6,5, pontuando 14,933.

Confira os resultados – WAG.

Na competição masculina, a medalha de ouro foi para a estrela ucraniana, Oleg Verniaiev, que depois da 4ª colocação no WC de Nanning, e das conquistas nas últimas etapas de copa do mundo do ano passado, tem se mantido competitivo. Oleg superou os 90,5 pontos, e se sobressaiu nas paralelas, pontuando 15,900 (D=7,1). No cavalo apresentou uma série com nota de partida de 7,0. Ryohei Kato (JPN) e Donnel Whittenburg (USA) completaram o pódio.

Confira os resultado – MAG.

Foto: facebook/ The Magnificent “USA, Russia & Romania”

Biles e Verniaiev, campeões da American Cup